‘Record’ e Suposto Prejuízo de Mais de 100 Milhões de Reais


Os cortes, demissões e reformulação que a Record vem promovendo nestes últimos meses tiveram sua razão apresentada em uma Assembleia Geral Ordinária no mês de maio.
 
Segundo o jornalista Lauro Jardim, a emissora teve, em 2012, um prejuízo de R$ 117,9 milhões. O valor é quase 20% superior ao previsto pela própria direção no ano passado.
 
O ano de 2012 foi bastante turbulento para a Record. As Olimpíadas consumiram investimentos pesados, os quais não compensaram conforme previsto. A dramaturgia também desandou com a baixa audiência da nova temporada de “Rebelde”, “Máscaras” e sua substituta, produzida às pressas, “Balacobaco”.
 
Em 2013, a situação ainda é grave mas os gastos estão sendo mais controlados. O banco de atores, que já chegou a 300 nomes, foi cortado em mais de 1/3. Atrações, como o “Programa do Gugu” e “Tudo é Possível”, saíram do ar. Salários milionários, como os de Gugu Liberato e Ana Paula Padrão, não fazem mais parte da realidade da empresa e até mesmo o custo de produção de sua atual novela, “Dona Xepa”, é bem menor que o horário costumava ter.
 
Honorilton Gonçalves e Alexandre Raposo foram afastados das respectivas presidência e vice-presidência.

A expectativa é que a nova gestão de Luiz Claudio Costa e Marcelo Silva recoloque a emissora num caminho mais rentável.

Fonte:João Gabriel Batista do site Na Telinha